todos os direitos de desenvolvimento do blog reservados a Entertainment Music Group. Tecnologia do Blogger.

Os efeitos do álcool nos resultados do seu treino.

>> quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

A pergunta continua: qual o efeito do álcool no corpo e como isso pode prejudicar meus objetivos na academia?
Desidratação
Vamos começar, álcool desidrata. Um efeito colateral comum da bebida alcoólica, principalmente da cerveja, é o efeito diurético.
Mesmo composta por aproximadamente 90% de água, uma simples cervejinha tem etanol suficiente para desidratar o organismo. A mais comum, a Pilsen, tem de 3 a 5,5% de etanol. Presente nos drinques alcoólicos em geral, é ele que inibe o hormônio antidiurético, provocando aquela vontade constante de fazer xixi. Com isso o corpo perde líquido, e a concentração de toxinas no sangue aumenta rapidamente.
E como você já deve saber o nosso corpo e, principalmente nossos músculos, são constituídos por 70% de água aproximadamente.
Como muitos sabem, músculos hidratados e super-hidratados permitem um melhor ambiente anabólico. Pelo fato de suas células não estarem segurando tanta água, se torna muito mais difícil construir músculo.
Sono
Quem procura aumento de massa muscular sabe o quanto uma boa alimentação e o descanso são fundamentais. O uso constante de bebidas alcoólicas altera o sono, o que faz com que o corpo não se recupere adequadamente. Além de perder a disposição para malhar o indivíduo que “mete o pé na jaca” com freqüência reduz a liberação de hormônio do crescimento.
Aumento do cortisol e diminuição da testosterona
Em um estudo realizado com 8 voluntários foi concluído que após o consumo alcoólico houve uma queda nos níveis de testosterona e um aumento nos de cortisol (um hormônio antianabólico). Quanto mais os níveis de testosterona estiverem altos e o de cortisol baixo, mais difícil manter seu ganho muscular. Em níveis mais altos de consumo de álcool, os níveis de testosterona chegam a cair 25%.
Diminuição da absorção de vitaminas e minerais
O álcool é rapidamente absorvido pelo organismo e acaba por alterar seu metabolismo e a capacidade de absorver bem os componentes dos alimentos através do intestino delgado. Desta forma vitaminas importantes como B1, B6 e B3 e o ácido fólico tem sua absorção reduzida. Essa deficiência alimentar provoca reações danosas, causadas também pela queda acentuada de potássio, magnésio, cálcio, zinco e fósforo.
Com o seu fígado preocupado em converter o álcool em acetato, qualquer vitamina ou mineral que passar por ele terá sua absorção reduzida, ou prejudicada, sendo eliminadas juntamente ao processo de desintoxicação.

Diminuição da síntese protéica
A síntese protéica, e conseqüentemente o ganho de massa muscular, é prejudicada quando se consome álcool. Um dos principais aminoácidos responsáveis pela estimulação da síntese é a leucina. Estudos com animais mostram que com o consumo de álcool o estímulo para a síntese por este aminoácido fica reduzido e com intoxicação aguda por álcool a síntese protéica diminui aproximadamente 70%.
O objetivo deste artigo não é fazer com que você pare totalmente de beber. Mas é bom para que compreenda os efeitos do uso contínuo no seu corpo e o prejuízo que pode trazer ao seu crescimento. E se for beber, lembre-se de consumir bastante água. Bons treinos!

(Pesquisa tirada do Blog Entre em forma.)

Read more...

MHP BRASIL - Trac Extreme NO ( Óxido Nitrico )

Read more...

>> quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Read more...

Alongamento

Antes de iniciar uma atividade física, uma das primeiras coisas que devemos fazer é alongar. Por muitos e muitos anos essa questão pareceu uma verdade incontestável, pois aprendemos nas velhas aulas de educação física que o alongamento ajuda a prevenir lesões, aquece a musculatura, melhora a flexibilidade, e por ser uma prática adotada por boa parte dos profissionais de educação física até hoje. Não é difícil ouvir praticantes de atividade física atribuindo algumas lesões ou dores pós-exercícios ao fato de não terem alongado o suficiente, comprovando o quanto se dá importância a tais afirmações.
O grande problema, ou solução, é que a ciência se modifica e isso tudo foi colocado em xeque por diversos estudos que comprovam que segurar a musculatura em uma determinada posição por 20 a 30 segundos de forma intensa, antes de realizar um exercício, aeróbico ou de musculação pode atrapalhar mais do que ajudar. Corredores de longas distâncias tiveram seus tempos diminuídos, e outros aumentaram o esforço para realização do mesmo percurso. Já em atletas que precisavam de força, verificou-se diminuição de até 30% na mesma e ainda uma diminuição na potência muscular.
Se você está comemorando porque não precisará mais "perder tempo" ou sempre achou chato alongar, vá com calma. Não é aconselhável chegar de qualquer jeito e começar a sua atividade, existe formas eficientes de aumentar a temperatura muscular, atividade neural da musculatura e melhorar o desempenho. Alongamentos dinâmicos, que mais parecem com o aquecimento, onde o praticante realiza movimentos repetitivos são largamente utilizados por atletas de ponta.
Além deleo aquecimento específico ganha destaque, onde se utiliza uma carga menor do que a do exercício e realizam-se algumas repetições (10 a 12 no caso da musculação, com 50% da carga antes do primeiro exercício, por exemplo). Dessa maneira preparamos a musculatura, aceleramos a freqüência cardíaca, melhoramos a amplitude do movimento, funcionamento articular, entre outros.
Portanto, se você não dispensa o alongamento tradicional, segurando 15 a 30 segundos na mesma posição (30 segundo têm se mostrado mais eficiente), a sugestão é alongar a musculatura que não irá trabalhar naquela sessão de treino ou alongar em outro horário. Assim poderá aumentar a amplitude articular, melhorando ou mantendo a flexibilidade em longo prazo. Já para o treino logo a seguir, seja de musculação ou aeróbico, realize alongamentos dinâmicos e não esqueça a importância do aquecimento. Bom treino.
(Pesquisa tirada do Blog Revista Mensch: Fitness.)

Read more...

Read more...

Read more...

Ginástica localizada

A ginástica aeróbica ou ginástica localizada nada mais é do que série de exercícios de ginástica com número elevado de repetições para grupos musculares distintos, com o fim de moldá-los.
A ginástica geral é uma das modalidades ou atividades mais requisitadas nas academias/ginásios.

Em especial, para atendimento: grupos adultos, que querem melhorar o tônus muscular nas regiões abdominais, parte posterior de membros superiores e também coxas e glúteos.
Consiste basicamente em sessões estruturadas de séries de exercícios com número elevado de repetições para grupos musculares distintos, com a finalidade de aprimorar: o tônus muscular, as capacidades aeróbia, anaeróbia, flexibilidade ou o condicionamento físico como um todo. A ginástica é uma das atividades mais requisitadas em academias, em especial para atendimento de grupos adultos.

Read more...

>> segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Read more...

Aulas de Step: benefícios físicos e cognitivos

A aula de step já é uma atividade quase obrigatória nas academias. O ato de subir e descer de uma plataforma como se estivesse em uma escada não seria tão estimulante não fosse o fato de unir música, coreografias e muita diversão a um exercício cardiorrespiratório capaz de queimar muitas calorias.

História

O exercício foi descoberto por acaso, quando a professora Gim Miller sofreu uma lesão e seu fisioterapeuta recomendou que ela ficasse subindo e descendo de um banquinho de madeira para reforçar os músculos da coxa (quadríceps), uma atividade similar ao de subir escadas. Para dar fim à chatice do movimento, eis que Gim começa a mexer braços e pernas criando movimentos interessantes. Três anos depois, o exercício virou um novo segmento da ginástica, estimulante, viciante e que definitivamente ganhou as mulheres.

Desde então, o Step é uma das grandes atrações das academias, principalmente porque o público feminino não costuma ser fascinado pela musculação. Hoje, as aulas de Step também podem estar aliadas às outras atividades, como os circuitos, e muitas vezes são as responsáveis por manter esse público nas academias durante o ano inteiro.

 Atividade motivante

Segundo o educador físico Ricardo Vilela Morais, que ministra cursos a quem quer ser professor de Step em São Paulo, por ser uma modalidade descontraída e alegre a grande vantagem é a fidelização dos alunos, para quem a música é o fator fundamental. “A música torna-se um fator preponderante no quesito motivação”, diz. De acordo com o especialista, o aluno que não tem muita coordenação motora demora, em média, três aulas para conseguir cumprir as coreografias propostas.

As aulas de Step fazem com que o aluno se exercite, gastando calorias, sem perceber que está treinando. “Em muitos momentos da aula o aluno tem a sensação de estar envolvido em uma dança, gerando bem-estar físico e mental aos praticantes”, diz o educador físico Jairo Luchetta, professor da Companhia Athletica, em Ribeirão Preto.

De acordo com o Colégio Americano de Medicina do Esporte, essa atividade pode gastar de 300 a 500 quilocalorias em aulas de 30 a 60 minutos.“A modalidade possui gasto calórico moderado, variando de acordo com a intensidade da aula”, afirma Luchetta.

Veja só que maneira divertida de ficar em forma!!!

Benefícios do Step:

- Físicos: redução do percentual de gordura, da pressão arterial, da frequência cardíaca de repouso, do LDL colesterol,  do risco de aterosclerose (acúmulo de placas de gorduras nas artérias), o que representam também redução dos riscos cardíacos; melhora da coordenação motora, do equilíbrio, do ritmo, que representam menos riscos de quedas na idade avançada.

- Cognitivos: por estimular o hipocampo e o cortex frontal (estruturas cerebrais responsáveis pelo armazenamento da memória), a modalidade Step estimula a memorização e também a concentração durantes os blocos coreográficos. Estudos têm indicado: aumento da oxigenação cerebral, de suprimento sanguíneo, de conexões sinápticas e combate às desordens cerebrais degenerativas.

- Psicológicos: devido à descontração e a característica de “dança” nas aulas, a modalidade Step serve como uma excelente válvula de escape do estresse, que é tido como um dos maiores males do século XXI.

Cuidados

A música muito rápida pode gerar movimentos descontrolados, gerando risco de queda ao subir da plataforma, até lesões mais graves como torções ou dores no joelho.
Essa atividade não é aconselhada a quem tem lesões nos membros inferiores e a intensidade do impacto vai estar muito relacionada aos movimentos coreográficos escolhidos. 
Lembre-se: a culpa não é do seu professor, você é quem deve informá-lo sobre suas restrições e desconfortos, pois só assim ele oferecerá opções que se adaptam a você.
Não utilize plataformas muito altas, use tênis adequado, não faça mais que três aulas por semana, pois o corpo precisa de descanso.
Nunca, jamais, em tempo algum, salte de cima para baixo do step nos exercícios de rotações. Evite também o atrito dos pés no solo durante os giros corporais.

(Pesquisa tirada do Blog Saúdavel.)

Read more...

Anabolizantes Naturais como fonte de energia para os treinos

>> sábado, 7 de janeiro de 2012

Os Anabolizantes Naturais contém formulações especiais com a finalidade de gerar uma ação anabólica, ou seja, construção de músculos. Seus ingredientes são naturais e seguros para o consumo, por isso têm essa denominação.
Esteróides anabolizantes é um grupo de hormônios sintéticos que promovem o armazenamento da proteína e o crescimento dos tecidos, muito usado por atletas e malhadores para ganho de massa muscular e desempenho. Estas substâncias surtem efeitos incríveis no corpo humano, porém são muito perigosas podendo causar efeitos colaterais graves à saúde.
Os suplementos anabolizantes naturais têm o mesmo objetivo dos hormônios e substâncias sintéticas, com a grande vantagem de não oferecerem riscos para a saúde. Os suplementos anabolizantes naturais procuram através de uma combinação especial de nutrientes ajudar o corpo a liberar hormônios e substâncias anabólicas dentro de um patamar seguro que o próprio organismo estabelece através de seus mecanismos regulatórios normais.
Veja abaixo alguns alimentos fundamentais para o desenvolvimento muscular
● Ovo
● Peixe
● Carnes
● Legumes
● Verduras
● Leite
● Soja
● Frutas
● Carboidratos (em substituição ao açúcar)
● Pimenta
● Batata
● Batata Doce
● Fibras
Anabolizantes naturais podem ajudar muito atletas e malhadores a melhorarem seus resultados de forma segura para a saúde.
(Pesquisa tirada do Blog Entre em forma.)

Read more...

M-Drol

>> quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

De forma resumida, o M-Drol é um clone de outro pró-hormonal chamado Superdrol, possuindo a mesma estrutura e ingrediente ativo. O Superdrol era conhecido como um dos pró-hormonais mais potentes já criados e um dos mais tóxicos também. Com o tempo, inevitavelmente, a venda do Superdrol se tornou proibida nos Estados Unidos, o que deu origem a criação do M-Drol, que foi o seu clone mais famoso. Mais tarde a venda do M-Drol também se tornou proibida e sua produção foi descontinuada, contudo ainda é possível encontrá-lo facilmente.
Além de centenas de relatos positivos sobre o produto e por ser o principal clone do Superdrol, o M-Drol ganhou popularidade rapidamente, tornando-se um dos pró-hormonais mais conhecidos, mesmo após a sua proibição nos Estados Unidos.
Não é raro ver relatos de pessoas afirmando que ganharam até 8kg de massa muscular em 4 semanas com o uso do M-Drol. Ganhos significativos de força e recuperação acelerada também não são incomuns.

“Não precisa falar mais nada. Onde eu compro o meu?”

Calma! Tomar M-Drol, não é tão simples como fazer um ciclo de creatina. Digo isto, pois a creatina é um ótimo suplemento e é vítima de diversas controvérsias (assim como o M-Drol), contudo o seu uso é, até então, seguro em indivíduos saudáveis. Já o M-Drol, ao ser metabolizado pelo corpo, se torna em um esteróide anabolizante ativo e pode gerar os mesmos efeitos colaterais dos anabolizantes orais ou injetáveis.
Assim como com os esteróides anabolizantes, os possíveis efeitos colaterais do uso do M-Drol poderão incluir:

- Diminuição ou perda do apetite sexual
- Estresse no fígado
- Perda de cabelo
- Pressão alta
- Estresse nos rins
- Agressividade
- Dores de cabeça
- Dores e queimação no estômago
- Parar o crescimento

Contudo, o efeito colateral mais relevante é a diminuição da produção natural de testosterona do corpo, tornando necessário(obrigatório) a realização de uma “terapia pós-ciclo” após o término do ciclo com o M-Drol. Isto se faz necessário para fazer com que o corpo volte a produzir testosterona naturalmente o mais rápido possível assim evitando a perda dos ganhos obtidos durante o ciclo.
Infelizmente este embalanço hormonal que o M-Drol e a grande maioria dos esteróides anabolizantes geram, podem causar efeitos colaterais adicionais, como:

- Ginecomastia
- Ansiedade
- Depressão
- Impotência
- Perda dos ganhos adquiridos no ciclo

Lembrando que os efeitos colaterais podem ser ainda piores em pessoas que estão na puberdade ou que ainda tenham uma produção hormonal instável, como adolescentes e pessoas com menos de 21 anos.

“Sou adolescente e no meu primeiro ciclo com M-Drol tive muitos ganhos. Não tive nenhum efeito colateral citado, muito menos meus amigos da minha idade que também tomaram. Você só está querendo me assustar!”

Assim como os esteróides anabolizantes, os efeitos colaterais variam de pessoa para pessoa, alguns tem, outros não tem, mas não quer dizer que eles não existam. Você já leu o rótulo do produto?
O produto diz claramente que não deve ser usado por mulheres e por pessoas com menos de 21 anos; que devido a natureza potente do produto, ele não é aconselhável como primeiro ciclo de pró-hormonais; que é importante realizar “um certo tipo” de terapia pós-ciclo após o uso; que não deve ser usado por pessoas que possuem pressão alta e outros problemas de saúde. Pois é, está tudo lá.
Obviamente eles não colocariam uma lista de efeitos colaterais, mas com as dicas do rótulo é possível tirar conclusões simples. Pelo menos de que o uso por menores de idade não é aconselhável e a necessidade de uma TPC só fortalece o fato.

Conclusão

A intenção deste artigo não é terrorizar as pessoas a respeito do M-Drol e sim alertar e informar sobre os possíveis efeitos colaterais deste produto, que muitas pessoas desconhecem ou simplesmente ignora.

(Pesquisa tirada do Site Hipertrofia.org.)

Read more...

Aviso

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."

Direitos de Imagens

As imagens ou fotos que estão no blog são fornecidas por Academia Lucinéa arte e dança.
Todos os direitos de imagem de alunos são reservados por Lucinéa Cândido.


Academia Lucinéa - Centro de Atividades Física Av. Tiradentes nº2.159 Bairro Alto Matão-SP Fone: (16) 3382-1867 E-mail: lucinea.arteedanca@hotmail.com

  © Blogger templates Palm by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP