todos os direitos de desenvolvimento do blog reservados a Entertainment Music Group. Tecnologia do Blogger.

>> quinta-feira, 20 de dezembro de 2012



Read more...

Sete bebidas para fazer a dieta funcionar melhor

>> segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Água, sucos de frutas e chás hidratam o corpo e são ricos em nutrientes

E para beber? A pergunta sempre aparece quando você come fora de casa e, se for respondida com cuidado, dá uma mãozinha para a sua dieta funcionar. "Dispensar o refrigerante já é um bom começo, hidratação e nutrientes é possível conseguir com várias outras opções", afirma o nutrólogo José Alver Lara Neto, vice-presidente da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN). Confira a seguir os benefícios dessas bebidas e entenda como elas podem ser tão importantes quanto o que você coloca no prato.

Água

"Beber água mineral é a melhor maneira de hidratar o corpo", afirma a nutricionista Amanda Epifanio Pereira, do Centro Integrado de Terapia Nutricional (Citen), em São Paulo. Segundo a profissional, a água é essencial para a manutenção de todas as funções metabólicas e celulares do nosso organismo. Após a prática de atividades físicas, entretanto, a água de coco é mais recomendada por conter eletrólitos, como sódio e potássio, que são perdidos no suor.

A desidratação não se manifesta apenas por meio da sensação de sede. Até mesmo a pele fica mais seca e, assim, suscetível ao envelhecimento precoce. Resta, então, apenas uma dúvida: quanto beber? Embora a recomendação geral seja de dois litros por dia, um estudo publicado no British Medical Journal aponta que não é possível estabelecer uma medida igual para todas as pessoas. O ideal, portanto, é sempre carregar uma garrafinha na bolsa ou mochila e dar pequenos goles ao longo do dia.

Sucos de frutas

Sucos de frutas naturais são excelentes fontes de vitaminas, antioxidantes, minerais e, é claro, água, segundo a nutricionista Tatiana Branco Barroso, da Nutri Action Assessoria Nutricional, em São Paulo. Certifique-se, apenas, de que eles são feitos na hora, pois a maior parte das vitaminas é solúvel em água, o que faz com que a bebida perca esses nutrientes em cerca de 30 minutos. Vale lembrar ainda que o suco não oferece o mesmo conteúdo de fibras que a fruta já que o bagaço costuma ser desprezado no preparo.

Por outro lado, os sucos têm a vantagem de permitir misturas. Com um pouco de criatividade, é possível criar combinações gostosas e com os mais variados nutrientes. O antioxidante hesperidina, presente no suco de laranja, por exemplo, melhora a função dos vasos sanguíneos, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares. A descoberta foi apresentada na conferência anual da American Heart Association Basic Cardiovascular Sciences. O suco de beterraba, por sua vez, é rico em nitratos, que protegem o cérebro, prevenindo contra problemas de demência, aponta um estudo publicado no Oxide: Biology and Chemistry.

Leite

"O leite é nossa principal fonte de cálcio, elemento fundamental para a saúde dos ossos", afirma o nutrólogo José. O nutriente também é fundamental para o crescimento e desenvolvimento infantil, além dos movimentos de contração muscular e cardíaco. A carência de cálcio faz com que o organismo utilize o cálcio estocado nos ossos para suas funções vitais, favorecendo o desenvolvimento de doenças como a osteoporose.

E se você já considerou cortar laticínios da dieta para perder peso, saiba que o leite pode ajudar a controlar a balança e, se misturado com chocolate, até melhorar o desempenho durante a prática de exercícios físicos. Isso é o que atestam estudos publicados no Medicine and Science in Sport and Exercise e no Journal of Strength and Conditioning Research, respectivamente. Evite apenas consumi-lo junto com o café, recomenda o nutrólogo. "A cafeína impede a formação de substâncias essenciais para a absorção do cálcio", alerta.

Chá verde

O chá verde é rico em antioxidantes que combatem radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento celular, e que previnem algumas doenças, como o câncer. O chá verde ainda é conhecido por ser uma bebida termogênica, ou seja, que acelera o metabolismo, aumentando o gasto calórico do corpo. Para obter esse benefício, entretanto, é necessário beber de cinco a 20 xícaras do chá por dia, sendo que a nutricionista Amanda Epifanio recomenda limitar seu consumo diário a, no máximo, 400 ml.

O chá verde ainda é rico em cafeína que, em excesso, pode causar enjoo ou dor de cabeça. Por isso, saiba como seu corpo reage à ingestão e aumente o consumo aos poucos. Um dos maiores benefícios da bebida, entretanto, é o poder de ajudar a reduzir o colesterol. Um estudo publicado no Journal of the American Dietetic Association descobriu que tanto o chá quanto as cápsulas da erva poderiam funcionar como aliados de quem se previne desse problema.

Chá mate

De acordo com a nutricionista Tatiana, o chá mate é rico em vitamina E, vitaminas do complexo B, cálcio, magnésio, sódio e ferro. Só não exagere, pois ele contém cafeína que, em excesso, pode gerar irritabilidade e dificuldade de concentração. Limite seu consumo a, no máximo, três xícaras por dia.

O consumo do chá mate ou do chimarrão, entretanto, deve estar sempre presente no cardápio de quem precisa controlar o colesterol. Um estudo feito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) mostrou que sua ingestão pode ajudar não só a diminuir os níveis de colesterol ruim (LDL), como ainda ajudam a aumentar as taxas de colesterol bom (HDL).

Café

O café é uma bebida com zero caloria e conhecida por nos manter despertos e, por isso, é consumido sem qualquer moderação por muitas pessoas. "O problema é que o excesso da bebida promove efeitos contrários ao esperado, podendo atrapalhar a concentração e ainda elevar a pressão arterial e afetar os batimentos cardíacos", afirma o nutrólogo José.

Beber, no máximo, seis xícaras por dia, porém, pode trazer alguns benefícios. Isso porque a cafeína exerce um papel antioxidante no organismo, auxiliando na prevenção do envelhecimento e de doenças, como o câncer. Em um estudo publicado no The New England Journal of Medicine, o café ainda é ligado a um menor risco de morte. "O ideal é investir em grãos pouco torrados que preservam a maior parte dos seus nutrientes", afirma o especialista.

Vinho

O consumo de vinho é frequentemente associado a menor risco cardíaco, graças aos polifenois, fitoquímicos presentes na uva. A ingestão da bebida para prevenção ou tratamento, entretanto, não é recomendada por sociedades médicas brasileiras e nem mesmo pela American Heart Association. De acordo com a nutricionista Amanda, o mais indicado, portanto, é investir em frutas que tenham propriedades antioxidantes, que é o caso das frutas vermelhas.

(Pesquisa tirada do Site Minha Vida.)

Read more...

XXIII Festival de Dança



Gostaríamos de agradecer a todas as pessoas que foram prestigiar nosso evento.
O 23º festival de dança da Academia Lucinéa foi um sucesso absoluto.
Muito obrigado a todas as pessoas que fizeram parte da organização do evento, incluindo os nossos patrocinadores que sem eles não seria possível realizar esse belo trabalho.
Agradecemos a dedicação de nossas alunas em geral e aos professores pelo excelente trabalho desenvolvido ao decorrer do ano.

Read more...


Read more...

Movimentos errados sabotam o bumbum durinho

Postura inadequada também pode prejudicar a coluna, costas e joelhos

Ele ganha atenção especial quando o assunto é exercícios físicos. Conhecido como "paixão nacional", o bumbum entra na lista de cuidados da mulherada para combater a celulite e a flacidez.

Diversas atividades prometem deixá-lo durinho e empinado, o problema é que muita gente tem boa intenção, mas acabam errando ou exagerando na potência dos exercícios. A atitude pode ocasionar uma tremenda dor na coluna, além de não apresentar o resultado esperado.

Para mostrar como os exercícios devem ser executados, o MinhaVida conversou com o personal trainel Romney Dantas, que também aponta os principais erros cometidos em cada um deles. "Pequenos erros podem se transformar em problemas sérios de coluna, além de oferecer riscos para saúde dos joelhos", diz o especialista. Confira as dicas:

Na academia

Afundo: Um dos principais exercícios para a região, também conhecido como avanço guinado, consiste em levantar o peso no movimento de agachamento. "É uma boa alternativa para quem não se sente confortável em realizar o agachamento livre e está entre os melhores para desenvolver os glúteos", explica o personal. O exercício pode ser feito no aparelho que apresenta uma barra para segurar o peso e ajuda no desenvolvimento correto do exercício. "É necessário permanecer com o quadril sempre alinhado com a barra lateral, principalmente quando estamos empurrando o peso para cima. É nesta fase que a tendência de deslocamento posterior do quadril é maior, acarretando estresse desnecessário à região lombar", alerta.

Durante o desenvolvimento do exercício, uma perna deve estar à frente com com a sola do pé toda apoiada no chão, já a perna de trás deve permanecer com o pé em meia ponta . "O esforço deve estar sempre concentrado na perna que se encontra à frente e nunca na outra perna de trás. E vale lembrar que é preciso descer devagar até que o joelho da perna de trás toque levemente o chão", explica.

Leg Press 90°

De acordo com o personal trainer, o exercício proporciona uma flexão intensa no bumbum, o que ajuda a deixá-lo durinho. "O movimento é desenvolvido com o tronco embaixo do carrinho, onde se coloca os pés, e deve ser executado com a máxima atenção e sempre supervisionado por instrutor", adverte. O peso é o principal perigo durante o exercício. "Existem muitas mulheres que abusam do peso logo na primeira vez que enfrentam o equipamento. Também é importante manter as costas apoiadas no chão. Mas vale lembrar que é comum o quadril sair um pouco do apoio das costas à medida que o carrinho é baixado, fato que não ocasiona nenhum problema", explica.

Em casa

Subindo e descendo O afundo ou avanço guinado também pode ser realizado em casa. Basta ficar atento aos detalhes. "O exercício de agachamento também pode ser executado com o corpo livre e com a ajuda de uma anilha (discos de peso) ou halteres. "Eles devem estar suspensos pelo braço, do mesmo lado da perna que está à frente. É importante lembrar que os ombros devem permanecer alinhados com o quadril", alerta Romney Dantas.

Degrau gigante

Imagine um degrau gigante, e que você precise subir e descer diversas vezes. Isso mesmo, esse simples movimento pode ajudar e muito quando o assunto é o bumbum redondinho. "Conhecido como subida no caixote, esse exercício deve ter pelo menos a altura equivalente à metade da coxa de quem vai executar o movimento. O tronco pode estar ligeiramente inclinado à frente e com suas curvaturas preservadas, intensificando o trabalho do glúteo", ensina o especialista. Mas é importante tomar alguns cuidados. "Na fase da descida do caixote, deve-se tocar o chão o mínimo possível, sem empurrar, e continuar as repetições sem nenhuma ajuda dos braços. O joelho da perna que executa o exercício, a que está em cima do caixote, deve estar sempre alinhado com o calcanhar, evitando deslocamento anterior e posterior deste", explica o personal.

(Pesquisa tirada do Site Minha Vida.)

Read more...

23º Festival de Dança

>> sexta-feira, 7 de dezembro de 2012


Academia Lucinéa Arte e Dança tem o orgulho de apresentar:

 
Dia 15/12 Sábado às 20h30min no Anfiteatro Adriana Manzi.
Ingressos à venda na própria academia!
R$10,00 antecipado

Read more...

Aviso

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas."

Direitos de Imagens

As imagens ou fotos que estão no blog são fornecidas por Academia Lucinéa arte e dança.
Todos os direitos de imagem de alunos são reservados por Lucinéa Cândido.


Academia Lucinéa - Centro de Atividades Física Av. Tiradentes nº2.159 Bairro Alto Matão-SP Fone: (16) 3382-1867 E-mail: lucinea.arteedanca@hotmail.com

  © Blogger templates Palm by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP